Você sabe o que significa ter insuficiência istmo-cervical (IIC)?

Insuficiência istmo-cervical significa que o colo útero é mais fraco ou curto que normal, ou seja a incapacidade de manter um gravidez.

O problema é que a dilatação pode acontecer rápido demais e o bebê nascer muito antes do tempo, ainda no segundo trimestre. Nessa fase da gestação, a criança tem poucas condições de sobreviver fora da barriga, e pode acontecer o chamado aborto espontâneo tardio.
Normalmente a incompetência istmo-cervical não apresenta sintomas, é suspeitado após uma ou mais perdas sem motivo aparente.
O ideal é que depois da experiência e antes de engravidar de novo, a paciente deve converse com o Obstetra para que investigue o problema.

Se os riscos forem detectados antes da gravidez, será mais fácil administrar o caso e pensar em procedimentos que evitem perdas.

Caso o médico considere que você pode estar com insuficiência cervical, pode pedir mais ultrassons transvaginais desde o começo da gravidez para acompanhar o colo do útero e procurar sinais de “apagamento” (afinamento).

Quanto mais curto estiver o colo do útero, maior é a possibilidade de haver parto prematuro ou aborto tardio, dependendo do tempo de gravidez.

Mas saiba que nem toda situação de colo curto leva a um parto prematuro. E nem todo colo curto é indicação de insuficiência cervical. ​

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *